A política migratória

1º) O Império não alcançou êxito em seu intento de promover a imigração livre em grande escala, a não ser entre 1880 e 1889, quando entraram no Brasil cerca de 450 mil Europeus, um número superior a toda a imigração livre anterior. A política migratória do Império só foi constante, ao longo do tempo, em termos de intenções e intermináveis debates públicos. Não havia direção segura, modelo definido e amparo legal definido.

2º) A imigração era feita por iniciativa das províncias, de sociedades de colonização e de companhias particulares, às quais prestava o governo central seu apoio moral, poucos subsídios e o empenho da diplomacia.

3º) Alguns métodos dispersivos de colonização foram ensaiados. Duas vingaram:

  • A introdução de imigrantes no sistema de parceria, nas fazendas de café, em substituição ao trabalho escravo, com o qual coexistiam. Foi o sucesso da experiência de Vergueiro, que, após o malogro inicial, atrairia cerca de 60 mil imigrantes a partir dos anos 1840
  • Contratar os serviços de imigrantes nas lavouras, impelindo a substituição do trabalho escravo pelo assalariado. Assim teve início a grande corrente imigratória para o cultivo de café no oeste paulista, composta essencialmente por italianos.

4º) A ação da diplomacia brasileira na Europa, incumbida de facilitar a coleta de imigrantes , esbarrava por sua vez em sérias dificuldades:

  • A imagem de uma sociedade escravocrata e de um país inóspito
  • O tipo de atividade a que se destinaria o imigrante
  • Poderosas campanhas de difamação promovidas pelas companhias que operavam o grande movimento emigratório para os Estados Unidos e colônias europeias
  • Investigações de agentes oficiais de governos europeus sobre as condições de vida de seus colonos no brasil
  • Proibições esporádicas da emigração para o Brasil por parte de governos europeus

5º) Era necessário liberalizar as instituições monárquicas em direção a uma sociedade pluralista, permitindo a liberdade de culto, os casamentos protestantes e mistos, o divórcio, a secularização dos cemitérios, o registro civil e, finalmente, revogar a lei dos contratos de serviço, que introduzia uma espécie de semi-escravidão nas relações sociais

6º) Não se podem menosprezar os esforços do governo central e das províncias no sentido de superar tantas dificuldades e tornar o Brasil competitivo em termos de capacidade de atração. Os frutos começaram a ser colhidos no final do período e acabaram por transformar profundamente a sociedade brasileira.

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...