Os tratados de limites

1º) A principal obra de Rio Branco foi a definição do território de seu país.

2º) Convém registrar que nenhuma das questões de limites por ele solucionadas o foram com argumento de força. As questões de Palmas com a Argentina e do Amapá com a França foram resolvidas por arbitramento, e Rio Branco atuou em ambas como representante do Brasil, antes, portanto, de ascender ao ministério, nos anos difíceis do início da República.

3º) A relativa aos limites do Brasil com a Guiana Inglesa foi, também, solucionada por arbitramento, não de todo satisfatória ao país. Nesta, atuou Joaquim Nabuco. Rio branco, já ministro quando da publicação do laudo, acatou o resultado e compartilhou o dissabor do defensor brasileiro. A difícil questão do Acre foi solucionada por Rio Branco mediante negociações diretas com a Bolívia, como se viu. Fixou ainda limites com a Colômbia em 1907, Peru em 1909, Uruguai em 1909 com a Guiana Holandesa em 1906. Firmou ainda tratado de limites com o Equador em 1904.

4º) Com referência ao Uruguai, deve-se ressaltar que o Brasil lhe cedeu, em 1909, espontaneamente e sem compensações, parte da Lagoa Mirim e do Rio Jaguarão.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...