O Contexto Hemisférico no período Jânio Quadros

1º) Com os Estados Unidos, além do relativo à Aliança para o Progresso e da obtenção de créditos, cumpre assinalar a assinatura do III Acordo sobre Produtos Agrícolas, em 1961. Os recursos decorrentes da venda de um milhão de toneladas de trigo ao Brasil seriam emprestados pelos Estados Unidos para aplicação em programas de desenvolvimento, sendo 20% destinados ao Nordeste.

2º) As relações entre Brasil e Cuba, em 1961, foram “corretas” segundo o relatório ministerial. A posição brasileira, todavia, com respeito ao regime de Fidel Castro, consentânea com o princípio de não intervenção, foi uma das questões que, juntamente com a relativa às relações com a União Soviética, mais chamou a atenção da opinião nacional.

3º) Jânio RECUSOU-SE a apoiar os Estados Unidos no momento em que se planejava tomar atitude armada contra o regime de Castro, conforme ficou evidenciado na conferência de 1961, com Adolf Berle Jr, enviado do congresso norte-americano. Quadros não recuou dos princípios de autodeterminação e da não intervenção. Quando da invasão da baía dos Porcos, manifestou “profunda apreensão” com o que sucedia em Cuba, além de pedir “cessação das hostilidades” e “apuração da procedência e da natureza das forças desembarcadas naquela República”

4º) No período de 21 a 23 de Abril de 1961, Jânio e Arturo Frondizi, presidente da Argentina, reuniram-se na cidade gaúcha de Uruguaiana, acompanhados pelos seus respectivos chanceleres, além dos embaixadores dos respectivos países. Das declarações resultaram um acordo cultural, duas declarações (uma de natureza econômica e outra política) e o Convênio de Amizade e Consulta, pelo qual se instituiria um sistema de troca de informações e coordenação de atuação internacional. A esse convênio poderia aderir outras nações americanas. 

5º) O encontro entre os presidentes representa um dos momentos mais culminantes do processo, iniciado em 1958, de aproximação Brasil-Argentina. A proposta de Jânio para a criação de um bloco neutralista no Cone Sul não teve acolhida de Frondizi, contrário a um afastamento dos Estados Unidos.

6º) No aspecto econômico, cumpre ainda observar que, em 1961, começou a se reunir o Grupo Misto de Cooperação Industrial Brasil-Argentina, criado em 1958, objetivando o aumento do intercâmbio de manufaturas entre ambos os países.

 

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...