A Política Externa Independente e as Relações Brasil-Argentina

1º) No contexto hemisférico, a política de San Tiago Dantas reafirmou o relacionamento internacional sem discriminações, CONTRÁRIO A BLOCOS, na “base de absoluta igualdade”, e com atenção especial à Argentina, como foi dito.

2º) A política externa de Jânio, como já se viu, incluíra uma aproximação maior com a América Latina, que começava pelo entendimento com aquela nação platina, consubstanciado nos Acordos de Uruguaiana, instrumentos de cooperação que, entre outras coisas, estabeleceram o sistema de consultas recíprocas. A continuidade foi marcada pelo encontra dos presidentes João Goulart e Frondizi no aeroporto do Galeão, em 1961, oportunidade em que assinaram uma declaração, confirmando o entendimento entre os dois países.

3º) Nessa mesma linha, situa-se viagem de San Tiago Dantas a Buenos Aires, no mês de Novembro, em retribuição à do chanceler Mujica ao Rio, ocorrida na gestão Jânio Quadros. Dantas assinou, junto com seu par argentino, uma declaração conjunta, reafirmando os princípios da Declaração de Uruguaiana. Constava de 11 pontos nos quais os dois governos manifestaram concordância a respeito das questões relativas à ordem internacional, à salvaguarda da democracia e à promoção do desenvolvimento. Nas conversações dos chanceleres foram ainda incluídas questões econômicas, comerciais e culturais com aos dois países, bem como foi previsto o funcionamento de uma Comissão Mista Permanente de Consulta.

4º) É importante notar que o acordo de consultas recíprocas com a Argentina já fora inaugurado na gestão JK/Horácio Lafer. Tanto Dantas como o chanceler de JK acreditavam estar superado o período de rivalidade entre os dois países. Em discurso posterior, Dantas, depois de falar na superação dos antagonismos, afirmou que os dados econômicos apontavam no sentido da integração. Não só pelo que tinha de complementar entre as duas economias, mas também pelo que representaria a integração dos dois mercados. Brasil e Argentina seriam o núcleo de um grande mercado latino-americano. A cooperação, todavia, deveria ser estendida para a área cultural e científica.

5º) Em Maio de 1961, o presidente Frondizi foi depoisto. Com isto, previu-se uma reorientação da política externa da Argentina, na qual se incluía o fim do “espírito de Uruguaiana”, assinalando, assim, a interrupção da aproximação, iniciada em 1958, entre os dois maiores países da América do Sul.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...