Do neoliberalismo à interdependência global

1º) Chegava ao fim a era neoliberal do Brasil, porém prosseguiam suas vantagens e desvantagens e como símbolo dessa era abertura econômica, como também, o déficit externo.

2º) Lula embarcou nesse trem já posto em movimento e avançou pelo caminho dai interdependência real. Deixou para trás mecanismos de inserção dependente para situar o Brasil entre as nações que andam por si à busca de seus destino, tendo, porém, o apoio de seus governos, convertidos em agentes logísticos. Nisso consisto o avanço de qualidade do modelo brasileiro de inserção internacional na virada do milênio:

  • O papel de intermediário entre os segmentos sociais e sua ação externa exercido pelo Estado, como amálgama superior do interesse nacional. 

3º) À política exterior cabe rechear a diplomacia e a ação externa de interesse nacional. Mantendo a tradição de concebê-la e programá-la como política de Estado,

4º) A política exterior do Governo Lula preserva valores, interesses e padrões de conduta veiculados historicamente, como a vocação industrial e a harmonização do nexo entre Estado e sociedade. Preserva a intensa presença nos órgãos de negociação multilateral e aumenta em mais de 30% o número de países com representação diplomática

5º) Com esses pressupostos, fixa objetivos externos:

  • O liberalismo de mercado com regras de reciprocidade de benefícios
  • A expansão dos negócios no exterior pela via do comércio e da internacionalização de empresas brasileiras
  • O reforço do poder para influir sobre o ordenamento global e os regimes setoriais.

Nisso consiste a estratégia logística.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...